mas vem cá, por que Rails?

19 08 2008

Não sei como é com vocês, mas eu só aprendo alguma coisa de verdade fazendo. E como eu quero muito aprender Rails de verdade, decidi fazer um sistema que eu já tô devendo ao +web faz um tempo. É um gerenciador de eventos, coisa simples. E graças ao estágio do Cefet, apareceram mais dois projetos pra eu fazer até o fim do ano: um sistema interno pra Techvirtual, onde estou estagiando, e alguma contribuição pro Redmine, que eu ainda não sei o que vai ser. Vai ser um fim de ano bem legal. =D

Pretendo falar um pouco desses projetos aqui no blog, registrando aqui minha evolução na plataforma. E a primeira coisa que eu quero explicar é porque eu escolhi Rails.

Bom, a resposta é simples. Primeiro, porque Ruby é a linguagem mais linda que eu conheço (programo em Delphi, entendo de linguagem feia). Python é legal também, mas não tanto. Sério. O tempo que eu ganho com Ruby é impressionante, e eu me divirto muito. Segundo, porque Rails é o framework mais lindo que eu conheço (programo em ASP.Net, entendo de framework feio). O tempo que eu ganho com Rails é impressionante, e eu me divirto muito.

Além do fator ‘me-divertir-enquanto-trabalho’, também escolhi Rails porque me permite criar, dentro das limitações do framework, aplicações complexas em pouquíssimo tempo, e vendo as coisas funcionarem desde o começo. Rails e a comunidade também enfatizam muito a questão da qualidade do código, seja através de DRY, (muitos) testes, ou qualquer outra coisa.

Como se já não fossem motivos suficientes, ainda tem a comunidade ao redor do Rails, muito prestativa e receptiva com os iniciantes. É difícil encontrar caras que se dedicam à comunidade como o Akita, o Carlos Brando e tantos outros, além de iniciativas como o grupo Aprendendo Rails. Nunca me aconteceu de não encontrar algo que eu queria e nem ter alguém pra perguntar.

Resumindo: eu me divirto enquanto trabalho com qualidade fazendo parte de uma comunidade muito bacana. O que mais eu podia querer? ;D

Anúncios




Rails Summit Brazil 2008: Eu vou!

7 07 2008

Pra quem ainda não tá sabendo, esse ano vai ter o evento mais legal! mais power! mais empolgante! que o Brasil já viu. Panamericanos chegam nem perto, tô falando é do Rails Summit Brazil 2008.

É um evento de Rails (séeerio?) mais ou menos no estilo da RailsConf, que o Akita trouxe pra nós através da Locaweb (ou a Locaweb trouxe através do Akita, enfim…)

Olha o nível dos palestrantes:

David Hansson (somente ele será via video online, ele estará na Europa nesse dia, os outros serão presenciais); o grande Chad Fowler ; os mantenedores do JRuby, Charles Nutter e Thomas Enebo ; diretamente da Holanda, da Phusion teremos Ninh Bui e Hongli Lai ; o mantenedor do RSpec, David Chelimsky ; o criador do Github, Chris Wanstrath ; ninguém menos que Dr. Nic Williams ; o escritor do livro The Rails Way, Obie Fernandez ; também Jay Fields, da ThoughtWorks. E quem não fala inglês, não se preocupem, teremos tradução simultânea de inglês para português.

E também muitos grandes Railers brasileiros como Manoel Lemos, da Brasigo ; Carlos Eduardo, da e-Genial ; Fabio Kung, nosso JRuby-man, da Caelum ; o grande Vinicius Teles da Improve it ; George Guimarães do Pagestacker.

Massa, não é?

E sabe o legal? Eu vou! Tá tudo praticamente certo, começar a juntar a grana e me preparar. Tenho certeza que vão ser os dias mais legais que eu já tive. Conversar sobre Rails com o Akita, bater um papo sobre XP com o Vinicius Teles, conhecer o Manoel Lemos, cara que montou a equipe mais legal do Brasil? Não tem preço.

E se você é de Natal e vai aparecer também, entra em contato comigo (elomar.f@gmail.com)! Tô procurando mais gente que vá pra montar uma caravana natalense.





O primeiro livro sobre Rails 2.1 é brasileiro!

6 06 2008

O Rails 2.1 mal saiu, e o Carlos Brando e o Marcos Tapajós já fizeram um livro sobre ele. O trabalho ficou muito, muito bacana. São 126 páginas sobre as novidades dessa versão, e gratuito!

Não falo muito agora sobre o livro porque ainda não li – o livro ainda tá quentinho. Mas folheando deu pra ver que é material de primeira.

Parabéns pros caras!

Tá esperando o que? Corre lá e baixa o primeiro livro sobre Rails 2.1!





minicursos(3): cursos interessantes: desenvolvendo direito pra web!

12 04 2008

Nos últimos dois posts com minicursos (esse e esse) passei links que ensinavam o básico – programar. dessa vez trouxe uns links mais divertidos – cursos que fazem a diferença

Primeiro, tem o pdf grátis sobre xslt do pessoal da visie – já viu que tem qualidade. A visie lançou também um pdf sobre produtividade e web 2.0, que eu tô com muita vontade de ler mas ainda não deu. É baratinho, e um investimento que com certeza compensa, mas estágio em programação no Rio Grande do Norte paga tão pouquinho…

Tem ainda o sun student courses. Até agora estão disponíveis dois cursos bem legais: Real World Technologies: NetBeans GUI Builder, JRuby, JavaFX, and JavaME e Introduction to Solaris and opensolaris.org. Se não fosse coisa de primeira, não tava na sun. Nem aqui.

Você também devia dar uma olhada no ambiente de aprendizado da DERI, NUI Galway (se não me engano, uma universidade). O cadastro é fechado, mas você pode acessar como visitante pra conferir o material das disciplinas
de Next Generation Technologies I (Semantic Web), Advanced Studies in IT (Semantic Web and Semantic Web Services), Digital Information (Multimedia Semantics) e Emerging Web Media. Pra quem quer desenvolver “direito” pra web, são quase um must read.

Ainda tem dois cursos deveriam ter entrado na lista anterior, ótimos pra quem quer começar com Ruby on Rails mas não sabe direito por onde: O curso de Ruby de Salish Talim, que está com inscrições abertas até 6 de maio, e o curso de Rails de Sunil Kelkar, com inscrições abertas até 15 de abril. Corra! Esses dois são gratuitos, de muita qualidade, e se complementam. O ideal é fazer o de Ruby e o de Rails logo depois.

Espero que vocês tenham aproveitado a listinha. Comentem aí outros materiais que vocês conheçam que eu vou adicionando aqui!





minicursos(2): Java, php, .net, ruby, python

5 03 2008

O primeiro post com minicursos grátis tratou do básico – html, css, js.

Nesse post, minicursos grátis e de qualidade sobre programação.

Java

Iniciativa Jedi – Mais que um curso de Java, a Iniciativa Jedi é um projeto da Sun que visa capacitar profissionais em Java. Sentiu a responsa? Online, todo o material de um curso de Engenharia da Computação. O responsável pelo projeto aqui no Brasil é o DFJUG.

Curso de Hibernate e Jpa – Slides de um curso sobre Hibernate e Jpa ministrado pela Raphaela Galhardo, do JavaRN. Material bem completo.

Java Tutorials – Guias de Java bem práticos. Se você sabe quer relembrar como se usa “aquela classe daquela api”, vai lá. Em inglês.

Java with Passion – Cursos de Introdução ao Java, JEE, Ajax, etc. ensinados por Sang Shin, evangelista da Sun.

Caelum – Uma das mais conceituadas escolas de Java que eu conheço. Disponibiliza no site material de alguns de seus cursos.

Curso de Programação Web em Java – Curso no Tecnoclasta que vai de html a jsf, passando por css e oop.

php

PHP101 – Série de posts que aborda desde o mais básico (sintaxe, operadores) até temais mais “divertidos” (xml, etc.). Recomendo. Em inglês.

.net

Beginner Developer Learning Center – Vídeo-aulas em inglês e com arquivos acima dos 100mb. Melhor aprender outra coisa… ;D

Learn ASP.NET – Material bem extenso sobre asp.net. Vídeos, artigos, códigos, etc.

Ruby e Rails

Learning Ruby – Curso online de Ruby muito bom. Novas turmas abrem a cada um, dois meses. Em inglês.

Why’s Poignant Guide to Ruby – Aprenda Ruby através de quadrinhos!

Tutorial de Ruby – Feito pelo TaQ

Learn Ruby on Rails: the Ultimate Beginner’s Tutorial – Artigo que apresenta as principais características do RoR.

Rails para sua Diversão e Lucro – O tutorial de Rails em português mais completo que eu conheço. E é do Superfície Reflexiva (qualidade garantida).

python

How to Think Like a (Python) Programmer – Livro de Python que vai um pouco além do convencional. Possui uma versão em português (pdf – dica do Mayron).
Dive into Python – Python para programadores.
Bom, ficam as dicas pra quem quiser aprender alguma coisa nova.

Em breve eu posto a última parte dos minicursos – e eu tô deixando o melhor pro final.